METANOIA (MUDANÇA DE PENSAMENTO) 4/7

A nossa mente é um campo de batalha. Por isso, o que nós pensamos define se teremos vida ou morte espiritual. A Palavra de Deus diz:

“Pois a inclinação da carne é morte, mas a do Espírito é vida e paz” (Romanos 8.6).

Na Carta de Paulo aos Romanos está o versículo-chave para a transformação do nosso pensamento, para que possamos ter uma metanoia:

“E não vivam conforme os padrões deste mundo, mas deixem que Deus os transforme pela renovação da mente, para que possam experimentar qual é a boa, agradável e perfeita vontade de Deus” (Romanos 12.2).

Devemos transformar a nossa mente, pois se cultivarmos pensamentos que não estão de acordo com os pensamentos de Deus, certamente vencer o vício ficará muito mais complicado. Quando experimentamos a metanoia, fica mais fácil vencer.

Salomão escreveu:

“Porque, como imagina em sua alma, assim ele é” (Provérbios 23.7).

Se você colocar na sua mente que não conseguirá vencer o vício, infelizmente, será muito árduo superar essa compulsão; mas, se você, mesmo não tendo forças, afirmar que Deus está com você, e que vai conseguir largar esse vício, certamente Deus entrará com providência. Deus conhece o nosso coração e sabe exatamente a nossa motivação.

“Pensem nas coisas lá do alto e não nas que são aqui da terra…” (Colossenses 3.2).

Paulo aqui afirma que devemos manter os nossos pensamentos nas coisas celestiais, ou seja, nossa mente focada naquilo que realmente cumpre o nosso propósito aqui na terra. Com isso, a mente não dará lugar aos pensamentos do vício.

Como experimentar a verdadeira metanoia? Lendo e estudando a Bíblia Sagrada. Ela é a verdade, e somente a verdade liberta. Foi o que Jesus falou: 

“e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará” (João 8.32). 

Peça a Deus que lhe dê força e ânimo para ler a Bíblia e meditar nela, pois ela pode trazer uma transformação, não somente na sua mente, mas na sua vida e em sua família. Deus o abençoe nessa jornada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *